Páginas

Eficiencia, entendida aqui entre nós como menos desperdícios.

Convivemos com um desperdício incompreensível para um País onde muitas pessoas vivem em situação de risco. Dentre eles, meu foco é a melhoria de desempenho das redes de infra-estrutura urbana. Sòmente na área do Saneamento Básico, que se considera a rede de água, esgoto, drenagem e a coleta e tratamento do lixo, melhorias na qualidade de vida que se estima em R$1 Bilhão/ano foi registrada pela FGV-Fundação GetúlioVargas e Instituto Tatra ( julho, 2010), além de evitar a morte de mais de 1.000 pessoas. A rede de vias públicas insuficientes e com manutenção precária, afeta o sistema de transportes de materiais e de pessoas, com congestionamentos, poluição, desperdício de energia e principalmente consumindo o tempo das pessoas que poderia ser dedicado à sua melhoria de qualidade de vida.

Eficiencia, entendida aqui entre nós como menos desperdícios.

Convivemos com um desperdício incompreensível para um País onde muitas pessoas vivem em situação de risco. Dentre eles, meu foco é a melhoria de desempenho das redes de infra-estrutura urbana. Sòmente na área do Saneamento Básico, que se considera a rede de água, esgoto, drenagem e a coleta e tratamento do lixo, melhorias na qualidade de vida que se estima em R$1 Bilhão/ano foi registrada pela FGV-Fundação GetúlioVargas e Instituto Tatra ( julho, 2010), além de evitar a morte de mais de 1.000 pessoas. A rede de vias públicas insuficientes e com manutenção precária, afeta o sistema de transportes de materiais e de pessoas, com congestionamentos, poluição, desperdício de energia e principalmente consumindo o tempo das pessoas que poderia ser dedicado à sua melhoria de qualidade de vida.
Ocorreu um erro neste gadget

sábado, 25 de julho de 2009

VLT pelas PPP, ops!

VLT de strasburgo, FR.Vidros grandes para viajar olhando as vitrines...olhar e ser olhado...



VLTs, conforme o texto em www.qualidadeurbana.blogspot.com

Nada mais inteligente para as nossas cidades.
Se as metropoles acham dificil implantar as novas VLTs, por que as pequenas cidades pegam essa dianteira e põem para funcionar? Algo como entre Guaratinguetá e Aparecida do Norte, ou nos antigos trilhos da Estrada de Ferro Cantareira em Guarulhos e Zona Norte de Sampa?
Vamos lá, senhores prefeitos, façam uma inovação positiva e funcional!

Um comentário:

  1. Você pode ampliar a imagem clicando em cima dela. No caso do gráfico, veja que em TRAM, que corresponde ao VLT que estamos considerando, ela se presta a até 5000 passageiros/dia e para até 12 km de trajeto. É o ideal para vias congestionadas de onibus, como a Teodoro Sampaio, a Av, Brig. Faria Lima, etc.
    Na outra foto, o VLT de strasbourg, França, de piso baixo.

    ResponderExcluir