Páginas

Eficiencia, entendida aqui entre nós como menos desperdícios.

Convivemos com um desperdício incompreensível para um País onde muitas pessoas vivem em situação de risco. Dentre eles, meu foco é a melhoria de desempenho das redes de infra-estrutura urbana. Sòmente na área do Saneamento Básico, que se considera a rede de água, esgoto, drenagem e a coleta e tratamento do lixo, melhorias na qualidade de vida que se estima em R$1 Bilhão/ano foi registrada pela FGV-Fundação GetúlioVargas e Instituto Tatra ( julho, 2010), além de evitar a morte de mais de 1.000 pessoas. A rede de vias públicas insuficientes e com manutenção precária, afeta o sistema de transportes de materiais e de pessoas, com congestionamentos, poluição, desperdício de energia e principalmente consumindo o tempo das pessoas que poderia ser dedicado à sua melhoria de qualidade de vida.

Eficiencia, entendida aqui entre nós como menos desperdícios.

Convivemos com um desperdício incompreensível para um País onde muitas pessoas vivem em situação de risco. Dentre eles, meu foco é a melhoria de desempenho das redes de infra-estrutura urbana. Sòmente na área do Saneamento Básico, que se considera a rede de água, esgoto, drenagem e a coleta e tratamento do lixo, melhorias na qualidade de vida que se estima em R$1 Bilhão/ano foi registrada pela FGV-Fundação GetúlioVargas e Instituto Tatra ( julho, 2010), além de evitar a morte de mais de 1.000 pessoas. A rede de vias públicas insuficientes e com manutenção precária, afeta o sistema de transportes de materiais e de pessoas, com congestionamentos, poluição, desperdício de energia e principalmente consumindo o tempo das pessoas que poderia ser dedicado à sua melhoria de qualidade de vida.
Ocorreu um erro neste gadget

segunda-feira, 19 de outubro de 2009

ARREPIO DA LEI.... DÁ CÓCEGAS....


Uma calçada aparentemente ideal...mas, está larga
num trecho e mais à frente se estreita...o mesmo acontecendo
mais para trás. Mais em frente, na esquina tem uma padaria
com mesas e cadeiras em nivel mais elevado e cercado, invadindo
a calçada, além de um volume com bujões de gás.

Existem cidades mais ou menos organizadas. Existem aquelas onde num curto trecho de rua é possível observar tantas irregularidades que o cidadão se imagina desamparado pelo Poder Publico. Poder Público, seja ele Executivo, Legislativo ou Judiciário, as trocas de favores e os interesses corporativos constantes deixam os cidadãos indefesos diante de tantas e descaradas contravenções e impunidades de alguns privilegiados.
Já constatamos que somos enganados a cada eleição, desde aqueles que se arvoram de caçadores de marajás até os mais recentes representantes dos pobres e oprimidos que estão vivendo tão desonestamente e em carater ou ética, como os piores politicos anteriores que combatiam. Portanto, já aprendemos que as eleições não nos servem como instrumentos de renovação do Poder, pois a cada novo ocupante a história se repete. E agora, pior ainda, não mais existe governo para o Povo, mas simplesmente do Povo para os interesses dos eleitos.
O caminho parece ser a mobilização da comunidade. Seja pelas OnGs, que por sua vez também andaram deterioradas, com gente defendendo interesses próprios ao invéz dos da Entidade que representam. Algumas OnGs tem diretorias eleitas com chapa unica, num processo meramente rotativo de pessoas de um mesmo grupo que se perpetuam na direção.
Outro caminho é de fazer abaixo assinados, mover ação civil publica, etc. Enfim, estamos órfãos do Poder Publico e temos que buscar outros caminhos, preferencialmente legais. Ainda.

Nenhum comentário:

Postar um comentário